Notícias
11/10/2023

Projeto CIPA nas Escolas leva segurança e prevenção às salas de aula das escolas do Estado do Rio de Janeiro

“Como futura professora, penso que é fundamental aprender primeiros socorros. Em breve, iremos trabalhar com crianças e é muito importante saber o que fazer se tiver alguma emergência”. Essas foram as palavras da estudante Gabriele Pinho (17 anos), aluna do Instituto de Educação Governador Roberto Silveira, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, após participar de uma manhã inteira de palestras sobre prevenção de acidentes, primeiros socorros e saúde nas escolas.

Visando ampliar a segurança no ambiente escolar, a Secretaria de Estado de Educação – Seeduc, em parceria com o Ministério do Trabalho e Emprego – MTE, lançou o projeto Cipa nas Escolas. Em um auditório lotado, os alunos aprenderam sobre o papel da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes – Cipa, em um projeto piloto que teve início nesta terça-feira (10/10), Dia Nacional de Segurança e Saúde nas Escolas.

A Cipa é uma estrutura de extrema importância para a segurança e o emprego dela nas escolas representa uma conquista para a comunidade escolar. A subsecretária de Gestão Administrativa da Seeduc, Erika Rangel, esteve presente no evento e falou sobre a implementação e expansão do projeto.

— É uma grande honra ter essa parceria com o MTE para mitigar esses casos, afinal, ninguém está isento de sofrer um acidente em qualquer lugar, se soubermos o que fazer teremos um melhor resultado. Por isso, vamos trabalhar o projeto nesta escola até o final do ano e replicar para as demais unidades da rede já em 2024 — diz a subsecretária.

A auditora fiscal do trabalho e chefe de Segurança e Saúde do Trabalho do Estado do Rio de Janeiro, Ana Luiza Horcades, que é a atual coordenadora estadual da Campanha Nacional de Prevenção de Acidentes do Trabalho – Canpat, palestrou aos estudantes.

— A cultura prevencionista vê o indivíduo como o mais importante de tudo, mas essa cultura precisa ser trabalhada desde a infância, na escola, que é o primeiro ambiente com regra de convívio que as crianças frequentam. Então, através da rede estadual, que conta com profissionais pró-ativos, foi feito o lançamento do projeto que será aperfeiçoado e ampliado para toda a rede — afirma.

Por meio do MTE, a Campanha Nacional de Prevenção de Acidentes do Trabalho ocorreu simultaneamente em todo o Brasil e os alunos do instituto participaram de uma live com pessoas de outros estados. Além disso, o órgão também lançou um concurso cultural para premiar os melhores projetos sobre prevenção nas escolas.

Nas próximas semanas será instalado o calendário de ações da Cipa, bem como a seleção de seus membros e promovido treinamentos específicos.

Fonte: SEEDUC-RJ

Versão: 2.1.6