Publicações
15/10/2023

Animação sobre "choques elétricos" da série "Acidentes nas escolas - não permita que essa cena vire realidade”

Assista ao terceiro vídeo da campanha de 2021 do Ministério Público do Trabalho pela promoção da saúde e da segurança nas escolas. Os gastos com segurança devem fazer parte dos orçamentos das escolas. Esse investimento garante a manutenção das instalações em bom estado e a prestação adequada de socorros em caso de acidentes. A medida pode prevenir choques elétricos e incêndios por curto-circuito, por exemplo. Crianças e adolescentes que frequentam escolas bem cuidadas se preocuparão em mantê-las assim e vão buscar que todos os ambientes, inclusive seus futuros locais de trabalho, também sejam decentes, seguros e saudáveis. O choque é causado por uma corrente elétrica que passa através do corpo humano. Dependendo da voltagem, do tempo de duração, da área de contato e das condições físicas de saúde, a vítima pode sofrer queimaduras, fibrilação ventricular, alterações químicas no sangue e até morrer. Já o curto-circuito ocorre pelos superaquecimentos dos condutores de energia elétrica, fazendo com que o revestimento plástico dos fios pegue fogo. Fios descascados também podem encostar uns nos outros, gerar faísca, centelha e, consequentemente, fogo.
Visualizar
Versão: 2.1.6